Qual é o óleo essencial mais cheiroso?

Qual é o óleo essencial mais cheiroso?

Qual é o óleo essencial mais cheiroso? | Os óleos essenciais podem trazer vários benefícios para a saúde. Eles podem melhorar a fisiologia, ajudar uma pessoa a equilibrar suas emoções e melhorar o equilíbrio energético do corpo humano.

Esses óleos podem ter várias funções, por conta disso, é preciso conhecer bem cada um deles antes de utilizá-los. Um dos modos mais comuns de utilização desse produto é por meio da aromaterapia. Ademais, esse produto também pode ser muito útil em massagens.

Além de ser muito versátil, o óleo essencial para aromaterapia também é muito cheiroso. Essa qualidade o torna ainda mais interessante e atraente. Ao longo deste texto, você saberá quais são os óleos essenciais mais cheirosos. Confira mais detalhes em nosso portal!

Qual é o óleo essencial mais cheiroso?

Qual é o óleo essencial mais cheiroso
Qual é o óleo essencial mais cheiroso

Abaixo, veja a essência de alguns óleos essenciais muito cheirosos:

Óleo essencial de rosas: para quem procura simplesmente perfumar a casa, esse óleo é um dos mais indicados. Contudo, ele não é tão acessível assim, pois tem um preço elevado. Por conta disso, muitas pessoas preferem comprar rosas in natura ao invés de apostar no óleo essencial de rosas.

Óleo essencial de lavanda: esse óleo também é muito bom para perfumar um ambiente. Além disso, ele também alivia dores de cabeça, pois tem propriedades analgésicas. Outro ponto positivo do óleo de lavanda é que o cheiro dele induz ao relaxamento. Um bom modo de utilizá-lo é ir para um quarto e aplicar algumas gotas em um difusor.

Óleo essencial cítrico:esse óleo é muito indicado para a cozinha, pois ele consegue neutralizar o cheiro de gordura. Para quem não pode comprar esse óleo essencial, existe um truque para aproveitar o cheiro cítrico: enrole casca seca de laranja, canela em pau, cravo e giz escolar em uma trouxinha de tecido. Depois disso, ponha esse sachê em gavetas e armários. Isso vai melhorar muito o cheiro do ambiente.

Óleo essencial de cravo: além de melhorar o cheiro do ambiente, esse óleo pode agir como repelente. Contudo, ele só consegue ter essa função se for misturado com o óleo de citronela. A melhor maneira de utilizar o óleo de cravo é pingando uma gota em um chumaço de algodão.

Óleo essencial de hortelã-pimenta: outro óleo que tem um aroma muito bom. Além de deixar o ambiente mais cheiroso, esse óleo tem propriedades expectorantes, antissépticas e analgésicas. Isso lhe torna muito útil no combate à diarreia, vômito, cólicas menstruais, problemas digestivos, entre outros. Ademais, esse óleo também é muito bom para baixar a febre.

Massagem

Um dos modos mais comuns de utilizar um óleo essencial é por meio da massagem. Por meio desse método, o óleo promove a energização da pele e deixa o corpo mais relaxado.

Não é bom aplicar um óleo essencial direto na pele, pois ele é muito concentrado e pode causar efeitos colaterais. Durante uma massagem, o melhor modo de aplicar esse óleo é diluindo-o em algum óleo vegetal (coco, linhaça, abacate, entre outros).

A porcentagem recomendada de diluição varia entre 1% e 5%. Em casos mais graves, como fibromialgia e inflamações articulares, a diluição pode chegar até 10%.

 

 

 

Saúde