Saúde

O que é preciso saber antes de comprar óleos essenciais?

comprar óleos essenciais
comprar óleos essenciais
260views

O que é preciso saber antes de comprar óleos essenciais? Está se sentindo confuso em meio a tantas opções? Confira quais requisitos devem ser avaliados para comprar um produto de qualidade e original, através das dicas reunidas neste conteúdo. 

Todos nós amamos fragrâncias, especialmente se for natural e não artificial. O odor forte pode limpar nossas mentes, nos fazer sentir enérgicos, relaxados ou, às vezes, no paraíso, principalmente quando é um produto natural com diversos benefícios para a saúde e bem-estar. 

O óleo essencial é um produto natural que tem muitos propósitos importantes, alguns de seus principais benefícios envolve: aliviar o estresse, melhorar o humor, fazer uma pessoa dormir melhor, aliviar dores de cabeça e enxaquecas, etc. 

Mas, quando se trata de óleos perfumados derivados de plantas, chamados óleos essenciais, é preciso ter muito cuidado na hora de realizar sua compra, pois estes são mais concentrados e possuem preços mais elevados.

O que é preciso saber antes de comprar óleos essenciais?

Se você quer investir em um óleo essencial de qualidade, preste atenção a esses fatores antes de realizar a sua compra:

Verifique a garrafa

Ao comprar óleos essenciais é preciso ter cuidado com a sua procedência, por isso, não se deve comprar produtos em garrafas de plástico ou material semelhante, pois o óleo essencial original só é comercializado em pote de vidro. 

O segundo fator importante para verificar a autenticidade da garrafa é a sua cor, você deve verificar se é azul cobalto ou uma garrafa de vidro âmbar-marrom. Esses óleos não são embalados em plásticos porque podem perder sua qualidade, já que são sensíveis à luz.

Nome latino é significativo

A garrafa do óleo essencial deve ter um rótulo com o nome comum e o nome latino da planta que foi usada em sua fabricação. Fora isso, para esclarecer ainda mais suas dúvidas, verifique também se o rótulo também contém detalhes sobre quais partes da planta foram usadas para fazer o óleo e como ele foi extraído. 

No entanto, às vezes as pessoas preferem comprar não o óleo essencial 100% puro, mas um que vem com um óleo dissolvedor, como o óleo de coco ou jojoba para usar em diferentes propósitos.

Como identificar qual produto não é óleo essencial?

Todo óleo perfumado que vem em uma pequena garrafa de vidro não é o óleo essencial. Se você ler um rótulo que diz ‘óleo perfumado’, isso significa que não é um óleo essencial, mas simplesmente um óleo cheiroso. 

Algumas plantas não são capazes de produzir um óleo essencial. Mas há o óleo de cheiro semelhante conhecido como óleo violeta. Portanto, fique atento ao rótulo ao comprar óleos essenciais, a fim de adquirir o produto certo. 

Oxidação do óleo essencial

Você nunca deve comprar óleos essenciais oxidados, pois a oxidação acontece com óleo essencial falso, uma vez que o original pode durar muito tempo. O impuro, por outro lado, acaba se deteriorando devido à oxidação. 

O óleo oxidado perde o brilho, o frescor e o aroma, além de ter sua viscosidade alterada. 

Custo do óleo essencial

Existem alguns fatores dos quais o custo do óleo essencial pode depender. No entanto, uma coisa é certa, eles são um pouco caros, pois uma única planta fornecerá apenas uma pequena quantidade de óleo essencial. 

Os fatores levados em consideração no preço de cada tipo de óleo essencial são: 

  • Processo de cultivo
  • Disponibilidade da planta certa
  • Colheita
  • Métodos para derivar o óleo.

Portanto, desconfie de óleos essenciais comercializados com valores baixos ou muito distintos do praticado no mercado. 

Ao seguir essas principais dicas, você poderá realizar uma compra mais segura sem precisar se preocupar com a perda das propriedades do produto. Você pode usar óleos essenciais em difusores, misturar em cremes hidratantes para cuidados com a pele, aromaterapia, entre outros.