Tecnologia

Qual é a função de um sensor? Saiba para que serve!

função de um sensor
função de um sensor
113views

Os sensores e módulos são usados há muitos anos como forma de manter ambientes mais seguros. Com o avanço da tecnologia, foi possível desenvolver modelos robustos, fáceis de trabalhar e práticos de inserir nos mais variados setores, como os comerciais ou residenciais.

Porém, antes de você escolher vários sensores para usar no seu projeto, é importante estudar os principais e compreender onde você pode aplicá-los. Com base no que você quer criar para obter sucesso em seu trabalho, saiba mais sobre suas funções em nosso artigo! 

O que é um sensor?

Os sensores e módulos são dispositivos que detectam movimentos e respondem os sinais através da liberação de sons, que pode durar muito ou pouco tempo – dependendo do tipo de configuração aplicada.

Além disso, nem sempre o aparelho fará a emissão de bipes, podendo acender luzes, captar dados de temperatura e alterações elétricas. Cada um dos componentes desempenha um papel eficiente que, quando bem aplicados, garantem bons resultados.

Para que serve?

O sensor serve para emitir sinais que variam entre calor, pressão, luz ou movimento. Então, se uma pessoa caminha em direção de um ambiente com as lâmpadas apagadas, o dispositivo reage à presença e acende a luz. 

Note que o mesmo acontece em aeroportos, com passageiros no detector de metais. O aparelho emite sons altos para informar que os viajantes estão com itens inadequados nos bolsos ou malas e precisam ser verificados antes de entrar no avião.

Qual é a função de um sensor?

Todos os sensores têm o mesmo tipo de finalidade que é a de vibrar, emitir sons ou ligar se estimulados por você. Tenha como exemplo os alarmes de segurança que, quando um estranho invade um domicílio, começa a apitar continuamente como forma de chamar atenção de vizinhos.

Há também portas com travas eletromagnéticas, que carecem de uma senha ou biometria digital para funcionar. Ocorre um pequeno bip ao encostar o seu dedo na superfície, em que o mesmo acontece na leitura facial.

Tipos de sensor

Para aplicar em seus projetos e torná-los ainda mais eficientes, existem os mais variados modelos de sensores e módulos. Cada um tem uma especificação exclusiva que pode ser testado durante o seu trabalho, que são os seguintes:

  • Sensor óptico: detecta desde pessoas a objetos, muito usado em elevadores ou portas;
  • Sensor térmico: capta alterações na temperatura e a regula, se necessário;
  • Sensor magnético: feito com ímãs, estes modelos sabem se uma porta ou janela foi aberta e dispara sinais em qualquer movimento estranho;
  • Sensor acústico: este modelo é usado em carros modernos e visa notificar motoristas de problemas na parte traseira;
  • Sensor elétrico: detecta alterações na corrente elétrica e mantém aparelhos tecnológicos protegidos de sobrecargas.

Os sensores mecânicos são os que se ativam sempre que uma pessoa caminha perto de lâmpadas que se acendem sozinhas, e é muito comum encontrar este modelo em locais movimentados como os shoppings.

Onde utilizar o sensor?

Use o seu sensor em projetos de robótica, em drones, câmeras ou na construção de casas automatizadas, bem como indústrias. O ideal é avaliar as necessidades de cada uma das demandas para selecionar o melhor sensor.

Justamente pelo fato de existir tantas opções é que você deve ser mais criterioso na escolha. Se a sua intenção é a de proteger uma casa contra invasão, o correto é trabalhar com um sensor óptico, que capta qualquer tipo de movimentação estranha e emite toques altos.

Onde encontrar sensor?

Para encontrar sensores de qualidade, é importante contar com a Eletrogate, que está há anos no mercado e possui experiência abrangente em tecnologia e robótica. Você encontra desde o sensor de movimento, fotoresistor, de umidade até o óptico reflexivo, além de verificar também excelentes módulos acompanhados de displays.

O resistor 1k está disponível em nossa loja e é um dispositivo muito procurado porque é frequentemente aplicado em equipamentos eletrônicos. Ele pode gerar calor, controlar a energia elétrica ou causar a queda de tensão.

Com a Eletrogate, você encontra excelentes aparelhos eletrônicos para atender até mesmo a demanda de grandes empresas, que precisam de uma pessoa experiente e qualificada no campo da programação para desempenhar excelentes projetos.